Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Diocese de Amparo
 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:

ACERVO

DESTAQUES

FOTOS EM DESTAQUE

 
Palavra do Padre Jose Janeiro:
Os católicos celebram no dia 29 de dezembro a manifestação da Sagrada Família responsável pela vida humana, espiritual e afetiva de Jesus, o Primogênito e Unigênito de Deus. Assim, O projeto de Deus para a redenção de toda a humanidade tem como centro a encarnação do seu Filho como homem vivendo entre nós. Quis que seu amado Filho fosse o exemplo de tudo. Por isso ele foi acolhido no seio de uma verdadeira família. Uma humilde, boa e honrada família, ligada pela fé e os bons costumes. Ele escolheu, seus anjos agiram e a Sagrada Família foi constituída.
Deus Pai enviou Jesus Cristo com a natureza divina e a natureza humana: o Verbo encarnado, trazendo a sua redenção para todos os seres humanos. Ou seja: a Salvação plena do ser humano se dá através de Jesus Cristo, quem crer e seguir seus ensinamentos terá a vida eterna (cf. Jo 6, 51-56).
Assim, Jesus nasceu numa verdadeira família para receber tudo o que necessitava para crescer e viver, mesmo sendo muito pobre. Teve o amor dos pais unidos pela religião, trabalhadores honrados, solidários com a comunidade, conscientes e responsáveis por sua formação escolar, cívica, religiosa e profissional. Maria, José e Jesus são o símbolo da verdadeira família idealizada pelo Criador, Deus.

A família é um corpo vivo, que pensa, que age e tem sentimentos. A família é o lugar onde Deus manifesta seu amor e sua própria imagem de amor, misericórdia e paz (cf. Gn 1, 26-27) na vida do homem e da mulher que vivem por amor e fidelidade o matrimônio em obediência a Deus. O desejo de Deus é que as famílias sejam repletas do seu Espírito Santo e, portanto, sejam todas cristãs e felizes. O segredo do sucesso das famílias revela ao casal como conseguir estar cheio do Espírito Santo de santidade e esperança, sendo obediente aos preceitos Divinos. “Há um só corpo e um só espírito, assim como a vocação de vocês os chamou a uma só esperança: há um só Senhor, uma só fé, um só Batismo” (Ef 4, 4-5; Mt 28,19).
A desobediência a Deus nos torna infelizes, pois nos priva de receber as suas bênçãos. As famílias só serão abençoadas, transformadas, viverão em paz e harmonia, quando começarem a viver verdadeiramente a Palavra de Deus. O Senhor te abençoe, te guarde e te dê a paz (cf. Nm 6, 22-26). Assim, a pessoa que tem sabedoria consegue conquistar a paz.
Quando procurarem um relacionamento com Jesus Cristo através da caridade, da oração, da leitura da Bíblia, da Santa Missa e de tantos outros meios que nos aproximam de Deus nosso Pai. Ele é um Pai poderoso, misericordioso, amigo, companheiro e está sempre ao nosso lado. “Há um só Deus e Pai de todos, que está acima de todos, que age por meio de todos e está presente em todos” (Ef 4, 6).
As famílias são berços de boas virtudes, porque é nas famílias que as pessoas nascem, crescem e aprendem os princípios referenciais que dão sentido a vida, por exemplo, o amor, a bondade, paz e a justiça. Por isso cada família deve ser um exército em defesa da vida, verdadeiros soldados da fé. Acredite no Senhor e sereis salvos tu e tua família (cf. At 16, 31b). Desse modo, o ser humano criado por amor e para o amor só se encontra consigo mesmo na medida em que se encontra com Deus. Abre seu coração para o Amor Divino através da pessoa de cada irmão e irmã, pois todos têm talentos, sabedoria e muitos outros dons recebidos de Deus, “num só corpo há muitos membros, e esses membros não têm todos a mesma função” (Rm 12, 4).
A Sagrada Família é um símbolo permanente da grande família cristã, a Igreja. A unidade das famílias compõe a Igreja que é toda missionária e sustentada pela Eucaristia e a força do Espírito Santo. A sua missão é realizada pelas pessoas batizadas e comprometidas com a fé em Jesus Cristo. A Igreja sinaliza no mundo a presença de Deus que nos ama e nos perdoa os pecados possibilitando assim, que passemos do corpo pecaminoso ao corpo glorioso, isto é, santo e eterno.
A Igreja é o berço maior de sabedoria e boas virtudes, ela anuncia a vida e a fé como uma boa mãe cuida da criança, e, esse é o princípio da missão. A virgem Maria é o modelo ideal de sabedoria, de missão e canta a liturgia que alegra a vida da humanidade. “Maria é a grande missionária, continuadora da missão de seu Filho e formadora de missionários. Ela, da mesma forma como deu à luz o Salvador do mundo, trouxe o Evangelho à nossa América” (Documento de Aparecida 269).
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
 
 
 

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber atualizações do nosso site:

NOTÍCIAS

DESTAQUES

VÍDEO EM DESTAQUE